Mapeamos  toda
pra
voce.

 
 
Cadastre seu e-mail para receber nossos informativos.
 
 




      
Compartilhar


Publicado em 11/11/2022



MARISA ORTH INTERPRETA BÁRBARA GANCIA


Em cartaz em São Paulo, a peça Bárbara relata a biografia da jornalista Bárbara Gancia e seu vício na bebida.

Prestes a completar quarenta anos de carreira, a atriz Marisa Orth entra em cena dizendo sobre o rótulo homorístico que ganhou durante todos esses anos de trabalho e a desafiadora tarefa de viver um drama no monólogo "Bárbara". Se eu conseguir trazer emoção para o palco, já estarei satisfeita, inicia a talentosa atriz.

Bárbara Maria Vallarino Gancia nasceu em 1957 em São Paulo. Filha do falecido piloto de automóveis Piero Gancia e da elegante Lulla Gancia,  falecida primeira-dama das pistas do automobilismo. Italianos, escolheram São Paulo como residência, após fugirem da Segunda Guerra que atingia Turim, na Itália. Os filhos Carlo e Kika vieram juntos e Bárbara veio a nascer já no Brasil. O casal Gancia formou a Escuderia Jolly Gancia, sempre num ambiente alegre e entusiasta.

Apaixonados por carros, os Gancia foram sinônimo de elegância, riqueza, influência e alegria. Bárbara chegou em meio a tudo isso.

Bárbara Gancia é autora do livro "A Saideira: Uma dose de esperança depois de anos lutando contra a dependência", relato de sua trajetória no alcoolismo. Esse livro inspirou o diretor Bruno Guida, com dramaturgia de Michelle Ferreira, a levar Bárbara para o palco, escolhendo a atriz Marisa Orth para dar vida ao monólogo. E o espetáculo vem atraindo um público exigente e seletivo, estando, no momento, em cartaz no Teatro Renaissance, em São Paulo. 

"Há pessoas cujas vidas imploram para ser escritas". Palavras de Ruy Castro, no prefácio de Saideira. A estrela da história é uma mulher desbocada, jornalista que sempre usou o humor e a crítica no seu trabalho,. Foi colunista do jornal Folha de São Paulo por trinta e seis anos e também apresentadora de programa esportivo na Bandnews, integrando também o time de mulheres do programa Saia Justa, no GNT. Hoje, Bárbara está aposentada e faz pequenos trabalhos jornalísticos, sendo atuante e influenciadora em suas redes sociais com os mais diversos assuntos, principalmente os contraditórios, sua marca registrada. Desde o lançamento de seu livro em 2018, ela ministra palestras sobre o alcoolismo e sua luta para deixar o vício.

Marisa se caracterizou com os trejeitos de Bárbara para trazer ao palco a vida, a infância de mimos, os amores, a rebeldia e os porres de uma vida cercada de inteligência, boemia e namoradas. Bárbara encontrou na bebida o refúgio para seu vazio emocional. Um simples bombom recheado de licor era o gatilho necessário para uma grande bebedeira. Como todo viciado, Bárbara demorou para admitir a necessidade de procurar ajuda para deixar o vício e toda a luta após essa decisão. Iniciava o eterno "Só por hoje".

Psicóloga por formação, Marisa Orth reúne qualidades para transformar uma história de vida em noventa minutos que a plateia fica imóvel vendo seu jogo corporal, sua excelente atuação e sua dramatização tão autêntica. Marisa conversa por vezes com a plateia, tornando a peça teatral mais humanizada. Um programa excelente para quem aprecia o teatro e a arte.

Infelizmente o alcoolismo ainda é visto como um tabu para muitos e se alastra como um grande mal social. O álcool destrói carreira, amores, família e principalmente amor-próprio. Apenas quem convive com um viciado e se torna codependente, sabe a montanha-russa emocional, física e íntegra que vive um viciado. As associações, além das clínicas e tratamentos especializados na cura da dependência são essenciais para os decididos a deixar o vício. Não é fácil, mas é possível.

Só por hoje.




Redação: Silvia Delforno




Portal Vila Mariana ® SP