Mapeamos  toda
pra
voce.

 
 
Cadastre seu e-mail para receber nossos informativos.
 
 




       
Compartilhar


Publicado em 21/09/2022


A DELICADEZA DE AUDREY HEPBURN


Reconhecida por sua elegância e glamour, a atriz foi classificada como a terceira mais importante da Era de Ouro de Hollywood e, ainda hoje, é um ícone da moda.

Nascida Audrey Kathleen Hepburn-Ruston, filha de baronesa e educada nos rígidos padrões inglês, a atriz britânica consagrou-se por seu talento, sua filantropia, e seu estilo delicado, simples e marcante. Audrey estrelou filmes como Cinderela em Paris, Sabrina, A Princesa e o Plebeu, dentre outros. Porém foi no icônico filme Bonequinha de Luxo, lançado em 1961, que a atriz viveu seus gloriosos momentos relembrados até hoje.

O filme conta a história da garota de programa Holly Golightly, perdida entre sua inocência e o desejo de ser rica, até conhecer seu vizinho e apaixonar-se. A cena marcante mostra Holly tomando seu breakfast em frente à famosa joalheria Tiffany, sonhando com seu futuro milionário. Um filme lendário, uma atriz delicada, elegante e bonita.

Ao contrário das outras famosas atrizes da época, Audrey era morena, alta, magra, de olhos castanhos, sem nenhum atributo chamativo. Seu conjunto era delicado e sua ótima postura atribuía a ela uma imagem equilibrada e elegante. Audrey foi bailarina e a dança contribuiu para seus movimentos leves.

Uma amizade eterna. Durante o filme Bonequinha de Luxo, Audrey pôde escolher seu figurino, e assim conheceu o costureiro Hubert de Givenchy; na época os dois jovens ficaram muito amigos e assim nasceu uma das parcerias mais famosas e importantes entre Hollywood e Paris. Essa amizade perdurou por mais de quarenta anos. 

O estilo delicado de Audrey Hepburn. Ela criou seu próprio estilo sóbrio e minimalista. Pouca maquiagem, aparência impecável, postura correta. Look simples, porém marcante. Peças de boa qualidade, deixando de lado modismos. Audrey ignorava tendências e investia em bons acessórios para complementar o básico.

"O simples pode ser extraordinário". Blusas listradas. Calças justas com caimento perfeito no corpo. Sapatilhas de ponta fina, alongando a silhueta. Vestido preto. Amor ao cor-de-rosa. Blusa de gola alta. Óculos de sol grande e lenço de seda - combinação chique e atemporal. Rabo de cavalo como penteado fino. Delineador preto nos olhos. Bolsa clássica e funcional. Batom vermelho. Luvas longas. 

Para ter olhos bonitos, procure o bem dos outros. Para ter lábios bonitos, diga apenas palavras de bondade. E para equilibrar, ande com a certeza de que nunca está sozinho". Audrey foi uma mulher filantropa, embaixadora da Unicef. Era bondosa, fez muita boa ação em sua vida.

A mulher referência da Givenchy da já foi imitada por muitas famosas: Rooney Mara viverá Audrey em "A vida de Audrey Hepburn". Lady Gaga já se vestiu de Audrey no Oscar de 2019, na noite apoteótica de "Shallow". Beyoncé a encarnou num ensaio para a joalheria Tiffany em 2021. Kendall Jenner homenageou-a no Met Gala de 2021, com um vestido criado pela Maison Givenchy, cheio de pedrarias.

Breakfast at Tiffany’s. O famoso colar com um enorme diamante amarelo foi comprado na África do Sul, pelo fundador da joalheria Tiffany, Charles Tiffany. Foi usado pela socialite Mary Whitehouse. Por Audrey Hepburn. Por Lady Gaga. Por Beyoncé. 

Audrey foi o exemplo do clássico, simples e elegante. Estudou, trabalhou e serviu. Foi esposa, mãe e avó. Entendeu a importância da postura, delicadeza e boas maneiras. Aliás, ela dizia que uma mulher cheia de boas maneiras nunca estaria desamparada. Teve uma passagem marcante, ao mesmo tempo que discreta. Faleceu em 1993, aos 63 anos, vítima de um raro câncer abdominal.

Audrey é a terceira homenageada na séria "Mulheres de estilo marcante".

Redação:   Silvia Delforno



 


Portal Vila Mariana ® SP