Mapeamos  toda
pra
você.

 
 
Cadastre seu e-mail para receber nossos informativos.
 
 




Compartilhar


Publicado em 23/07/2013

DESAPEGO: VAMOS PRATICAR?



Pense rapidamente na palavra desapego o que vem a sua cabeça?

Provavelmente alguns pensamentos irão navegar em torno de pessoas, momentos ou coisas materiais específicas aos quais são extremamente apegados e não sabem, nem imaginam como ficar sem.

A vida é feita de etapas, ciclos, cada um com seu momento para perder sua função inicial, é muito comum ouvir: virar a página, partir para outra e nos tempos modernos a fila anda, para mencionar um recomeço ou seja; as coisas, as situações, as pessoas precisam circular , transformar, reciclar.

Viver de lembranças, se centrar no passado nada mais é do que estagnar e deixar de viver o presente. Desde o nascimento seres humanos, animais e qualquer ser vivo possui começo, meio e fim, então vamos juntos refletir primeiro sobre o apego para depois tentar compreender o desapegar e quais são os benefícios que o desapego pode trazer.

Quando se possui uma relação, um bem material, um animal de estimação, objetos pessoais diversos, cria-se um sentimento de posse e ganho, de certa forma a sensação do incorporar esse ser ou objeto, faz existir crenças de que sem ele você não será mais o mesmo, se ele deixar de existir algo em sua vida também irá mudar.

O ser humano busca sempre a condição de não sofrer e ser feliz com isso sem perceber acaba se apegando a saídas que causam mais sofrimento o medo de ficar sem e perder. Exercitar o desapego por mais doloroso que possa ser, é um grande desafio para que boas mudanças possam ocorrer.

Se relembrarmos de pessoas que tiveram em suas vidas momentos de extrema carência no sentido financeiro, emocional, social, podemos tentar compreender a questão de querer guardar tudo o que se tem por ter sido tão difícil o adquirir e manter, muitas vezes existem planos na aquisição de uma casa um carro, mas existe um momento que será necessário repensar se desfazer, mudar, substituir, o mesmo acontece nos relacionamentos, no emprego quando se tem o primeiro movimento é prender, reter. Todas as perdas podem significar um novo ganho.

Existem pessoas com extrema dificuldade de se desprender de relações mesmo que estejam confusas e desgastantes, com isso deixam de ter oportunidades de concretizar novas possibilidades de recomeçar.

Então que tal começarmos a refletir e praticar pequenos gestos?

Desapegue-se dos pensamentos negativos, de conceitos, e pré- conceitos, idéias sem objetivos, coisas e relações que não te acrescente mais nada e pertençam ao passado, costuma-se ouvir dizer quando uma porta fecha-se outra se abrirá, então que tal quebrar a resistência de conhecer o novo, se propor aos desafios do que pode chegar.

Não se pode num só tempo estar no passado e no presente, da mesma forma que nascemos, somos crianças adolescentes e adultos, envelhecemos e morremos os rancores, mágoas, medos que ficaram marcados no passado, devem ser soltos da mente, desapegados, substituídos por sentimentos novos.

Coloque um olhar, um sentimento diferente no que é tão difícil desapegar, estimule-se para doar além de roupas, sapatos, utensílios domésticos que possam estar ocupando espaço, doar um tempo para si para fazer o que gosta e deixou de lado, você já pensou em doar-se para outros? fazer um trabalho voluntário? Um dia, uma hora, para alguém ou uma boa causa talvez?

Almeje novos momentos, procure novos espaços, novos amigos, novos trabalhos, novos cursos, mude os móveis do lugar, faça novas viagens, quem sabe um novo visual, pense no novo, centralize seu pensamento no que há de melhor, medite para acalmar a mente, cuide de seu emocional, de seu equilíbrio geral.

O objetivo do curso de um rio é sempre ir em frente, em alguns as águas se misturam com a água do mar e somam forças, energias, acrescente, procure pessoas e espaços que possam agregar, some alegrias, e cultive a paz.


Grande abraço, até breve!

Claudete J. Silva Colunista de Saúde e Comportamento
Psicóloga Especialista em Clínica e Psicossomática
Tels: (11) 5583 3374 | (11) 99626-4832




Compartilhar




Portal Vila Mariana ® SP