Mapeamos  toda
pra
você.

 
 
Cadastre seu e-mail para receber nossos informativos.
 
 




Compartilhar

Publicado em 23/10/2015


BLACK FRIDAY

A Black Friday é um evento comercial que nasceu nos Estados Unidos, no finalzinho dos anos 90 para o começo dos anos 2000, ninguém sabe ao certo o ano, nem o lugar. Black Friday é o termo como é chamado o dia que acontece logo depois do Dia de Ação de Graças, feriado comemorado no país todos os anos, na 4ª quinta-feira do mês de novembro. 

A Black Friday é um dia de grandes promoções, no qual lojas de todo o país chegam a dar descontos de até 50%, atraindo um número gigante de consumidores. A Black Friday é considerada a abertura das vendas do Natal.

A mesma ideia vem se espalhando pelo mundo e já acontece em países como o Canadá, Reino Unido, Portugal, Austrália, Paraguai e também no Brasil. Por aqui, a Black Friday teve sua primeira edição no ano de 2010 e aconteceu somente nas lojas online. O evento reuniu cerca de 50 grandes varejistas que anunciaram grandes promoções dias antes do evento. 

No ano de 2013, a Black Friday brasileira bateu seu recorde, alcançando um valor de mais de R$ 700 milhões em vendas, e, novamente, somente via internet. Os produtos mais vendidos foram eletrônicos, principalmente aparelhos celulares do tipo smartphones e televisores.

Apesar do grande volume de vendas e de ter sido considerado um dos melhores dias do varejo online no país, a Black Friday brasileira não é muito bem vista pelos consumidores.  O dia de promoções foi tão satirizado que recebeu o apelido de “Black Fraude”, muito difundido nas redes sociais. 

Isso se deu porque muitas empresas costumam maquiar os descontos e sobem os preços dos produtos alguns dias antes para afirmar que baixaram os preços durante o evento. Há também poucas unidades dos produtos que realmente tiveram desconto e muitas pessoas chegaram a acionar o PROCON por considerarem a promoção mentirosa e se sentirem lesadas. E algumas destas falcatruas foram mesmo provadas pelo PROCON.

O PROCON, que é o órgão que protege os direitos do consumidor no Brasil, é o responsável por fiscalizar este evento, e no último ano chegou a divulgar uma lista com 449 empresas que os consumidores deveriam evitar durante a Black Friday. Portanto, antes de comprar é bom dar uma boa pesquisada para não arriscar.


Pablo Silva



Compartilhar



  


Portal Vila Mariana ® SP