Mapeamos  toda
pra
você.

 
 
Cadastre seu e-mail para receber nossos informativos.
 
 




 
Compartilhar


Publicado em 03/02/2015


PAZ INTERIOR, VOCÊ TEM?



No início de um novo ano quero desejar a  todos colunistas, leitores e integrantes da família Portal Vila Mariana, um ano recheado de novas conquistas, grandes realizações e muitas reflexões.

Hoje quero abordar um tema propício para se iniciar um novo ano, quando muitas pessoas se propõem a buscar transformações e mudanças. Uma proposta interessante, seria incluir um maior equilíbrio na saúde em geral, focar e dar ênfase a saúde emocional.

Um dos aspectos que se deve buscar para a manutenção da qualidade de vida em todo seu conjunto, diz respeito a paz interior. Como fazer novos projetos, traçar novos caminhos, tendo dentro de si uma mente agitada em constante conflito?

A mente de cada um é responsável direta por todas as situações que cada pessoa se encontra. Então, por que não administrar e trazer a essa mente a possibilidade de ter paz interior? Costumamos ver, ler e conviver com inúmeras situações onde se valoriza o fato de que pessoas com mentes positivas são melhores sucedidas nos diversos contextos da vida.

Em contrapartida, pessoas que estão o tempo inteiro pensando em situações negativas, vivem num círculo vicioso com sua forma de pensar e os resultados sempre desagradáveis em sua vida. Se auto entitulam azaradas, vivendo num constante muro de lamentações onde nada dá certo.

É comum observar a situação de buscar no outro as justificativas para sua felicidade ou infelicidade, dependendo do foco que se dá. A busca dessa felicidade, normalmente está em adquirir um bem material como um carro, uma casa, uma posição profissional, um companheiro ideal, uma viagem dos sonhos... Enfim, tudo isso pode ser benéfico e saudável, mas a busca de si, de seu interior, acaba ficando em segundo plano ou mesmo totalmente deixado de lado.

Geralmente, responsabilizamos alguém, uma situação, sempre dizendo: "se eu pudesse, se eu tivesse, só vou fazer quando". Sempre colocando situações de realizações que dependem de outros. Muitas pessoas travam totalmente suas vidas por pensar dessa forma. A insegurança emocional, o medo do novo são grandes vilões que se contrapõem a busca da paz interior.

A paz interior deve ser cultivada dia a dia, a partir da conscientização de que, cada um de nós é responsável pelas escolhas e os caminhos que traça para seguir. É muito comum pessoas socialmente, financeiramente e profissionalmente bem sucedidas, sofrerem de profunda solidão, frustração e um enorme vazio, sem compreensão.

Onde estaria então a resolução para a busca da paz interior? Cada vez mais a população do país e, por que não dizer do mundo, permanecem em constante preocupação com a violência, com a  corrupção, com os medos do futuro de si e da família e dos amigos.

A mente humana está o tempo todo em busca, muitas vezes de algo que nem sabe dizer direito o que seja. Muitas pessoas vivem fachadas de algo que não são, casamentos abalados, mas que devem ser mantidos por conveniências, escolhas profissionais frustradas por terem sido impostas pelos pais. São descontentes com sua família, seu físico e sua vida em geral.

Buscar a paz interior significa dar um mergulho dentro de si mesmo, resgatar tudo de melhor que você possa se dar, pensar em desenvolver o autoconhecimento, se aceitar e aceitar o outro da forma como ele é. Ter paz interior significa ter serenidade na mente, para poder pensar em resoluções.

A paz interior pode ser conquistada a cada minuto, a cada dia, a cada ano, um pouco de cada vez. O importante é iniciar a busca e mantê-la. Estar perdido dentro de si mesmo, ter sensações de não saber o que falta são fortes indícios da importância de marcar esse encontro consigo mesmo.

A vida estressante e atribulada do dia a dia, não permite que se diminua a correria e aumente a qualidade de vida, iniciando pelas relações familiares, onde as pessoas cada vez convivem menos tempo.

A tecnologia e os avanços dos sistemas são extremamente benéficos, mas também distanciam e robotizam as mais intimas relações. Tentar abrir espaço na agenda para cuidar de si, se interiorizar, passa a ser secundário, quando na verdade deveria ser prioritário.  

A paz interior pode abrir diversos universos, dentre eles proporcionar o equilíbrio emocional. Pois esta é  uma condição importante para proteger e dar serenidade nos momentos de confusão, frustração e tantas outras adversidades do cotidiano. 

Algumas opções podem iniciar o caminho da busca da paz interior:

Entrar em contato com grupos que tenham o mesmo propósito.

• Conhecer e praticar meditação, yoga.

• Cultivar a espiritualidade, independente de religião que se crê.

• Ler livros, artigos que promovam reflexão.

• Conhecer e praticar atividades de voluntariado.

Obviamente existem muitas outras opções dependendo de cada pessoa e o contexto que ela se encontra, o mais importante é entender os benefícios que esse caminho pode trazer. Tente, experimente!


Fico a disposição para esclarecer dúvidas, ou sugestões!


Até a próxima, forte abraço!

Claudete J. Silva Colunista de Saúde e Comportamento
Psicóloga Especialista em Clínica e Psicossomática
Tels: (11) 5583 3374 | (11) 99626-4832




Compartilhar






Portal Vila Mariana ® SP