Mapeamos  toda
pra
você.

 
 
Cadastre seu e-mail para receber nossos informativos.
 
 




Compartilhar

Publicado em 15/02/2018


GRATIDÃO: UM SENTIMENTO NOBRE

Hoje, retomando nosso espaço de reflexão e o início de um novo ano, escolhi um tema de extrema importância para se pensar: a gratidão.

A gratidão, nem sempre tem um espaço reservado na vida das pessoas. Muitas só agradecem de maneira automática, robotizada, sem pensar que ser grato a algo, ou alguém, pode reciclar e enaltecer seu próprio interior.

O agradecer, também deve ser voltado para si. Quantos obstáculos não foram ultrapassados no decorrer de suas vidas? Você já parou para pensar que cada conquista, cada momento de dedicação deve se ter gratidão?

O sentimento de gratidão deve ser algo permanente em nossas vidas, estarmos gratos por um serviço ou um gesto, por menor que possa parecer, é um sinal de reconhecimento. Se nos colocarmos no lugar de quem recebe, poderemos perceber o quanto é bom ser reconhecido.

Ao agradecer, fortalecemos vínculos, pessoais, familiares, profissionais e sociais. Nos dias atuais, muitas correntes enfatizam os benefícios do desenvolvimento e manutenção da gratidão.

Cultivar a gratidão significa ativar em si um sentimento positivo, relevante, pessoas, circunstâncias, poderão se modificar a partir de um gesto de gratidão.

Existem muitos motivos para se agradecer: o dia que se inicia o fato de ter um trabalho, uma família, a inteligência para tomar atitudes, as oportunidades que possam surgir.

Até as dívidas, e contas que temos, e muitas vezes tememos e reclamamos, existem por que em algum momento tivemos alguma escolha e um serviço prestado, portanto, também por mais estranho que pareça também é importante agradecer.

Existe uma filosofia que diz se tivermos um órgão adoecido, devemos agradecer pelos que estão sãos. Tudo isso parecem palavras, mas na prática costuma-se centrar nas coisas que não vão bem, e esquecer completamente das que seguem em perfeito estado.

O aprendizado que a vida nos traz, é um grande motivo para agradecer, a todo instante vão existir situações que permitam o agradecimento.

Algumas pessoas, por se sentirem ou estarem desamparadas, física e emocionalmente, não se sentem gratas por nada, sentem que sua vida é um mero desperdício, não conseguem enxergar nenhum lado positivo em tudo que vivenciam.

São pessoas rancorosas, amarguradas, que se sentem injustiçadas, não conseguem agradecer, pois o tempo todo dentro delas, são enaltecidos os sentimentos negativos, pessoas que se vitimizam o tempo inteiro, o agradecer não tem espaço diante de tanto sofrimento.

O hábito de agradecer traz satisfação, o presente é vivido plenamente, não se fica apegado ao que não deu certo no passado!

Ao sentir gratidão, os pensamentos negativos, não são ressaltados, os positivos são relembrados, as falhas são relevadas, os sentimentos de culpa pelo que se deixou de fazer, são atenuados. O foco é viver dando importância para tudo que se possui.

Existem estudos que comprovam que o sentimento de gratidão, ativa partes do cérebro que proporcionam a liberação da dopamina, responsável pela sensação prazerosa e o bem estar em todos os contextos da vida.

A gratidão promove novas possibilidades, novos conhecimentos, estreita relação afetiva já existente abre novos caminhos.

Algumas pessoas tem grande dificuldade em expressar a gratidão, possuem uma visão errônea do agradecer, entendendo que é desnecessário ou uma obrigatoriedade, tornando o agradecimento, banal e desvalorizado.

A gratidão, quando exercida continuamente, possibilita inclusive um maior equilíbrio emocional, gera a reciprocidade, o altruísmo, a empatia, a preocupação com os sentimentos do outro, é um compartilhar e reconhecer.

Embora a gratidão seja pouco explorada enquanto sentimento existente, pretendi de forma sucinta, alertar para seus benefícios tão pouco percebidos.

Aproveito o tema escolhido, para agradecer a todos que compartilharam esse espaço de reflexão no ano que passou, e dar boas vindas ao novo ano e a quem acabou de chegar.

A todos o lembrete de sempre acreditar, buscar a ajuda profissional. O autoconhecimento é a chave principal, para que novas portas possam ser abertas, tente, experimente, se dê a chance de trazer a si possibilidades de crescer, evoluir, atingir a merecida qualidade de vida.

Vamos interagir? Aguardo opiniões e/ou sugestão para novos temas.


Boas reflexões!

Fico a disposição para dúvidas ou maiores esclarecimentos.

Forte abraço!

Claudete J. Silva Colunista de Saúde e Comportamento
Psicóloga Especialista em Clínica e Psicossomática
Tels: (11) 5583 3374 | WhatsApp: (11) 99626-4832
e-mail: claupsi.js@gmail.com





Compartilhar




Portal Vila Mariana ® SP