Mapeamos  toda
pra
você.

 
 
Cadastre seu e-mail para receber nossos informativos.
 
 





CULINÁRIA DE VERÃO


Cuidados básicos

Manuseio dos alimentos: capriche na higiene e na conservação dos alimentos. No verão, eles deterioram-se mais facilmente. Convém consumi-los o mais rápido possível e mantê-los bem refrigerados, para prevenir gastrenterites.

Seleção de componentes: considere não ingerir alimentos com alto teor de sódio, como temperos prontos, sopa de saquinho, suco em pó, macarrão instantâneo, pratos prontos congelados, frios, embutidos, salgadinhos de pacote e refrigerantes. Verifique a composição deles antes de comprar, para evitar que seu organismo sofra com retenção de líquidos.

Reposição de líquidos: para regular a temperatura do corpo, no verão nós transpiramos mais e, por isso, necessitamos repor água, seja em forma de líquidos ou de alimentos que a contenham, como frutas e hortaliças.

Escolha de ingredientes adequados: um cardápio de verão saudável deve conter alimentos de digestão leve, aqueles que não provocam torpores pós-almoço, e que evitam os desagradáveis inchaços no abdome e nas pernas. Considere montar sua lista de compras dessa estação com os ingredientes relacionados a seguir.


INGREDIENTES ESSENCIAIS E SUAS PROPRIEDADES


Água

É o ingrediente mais importante do cardápio de verão, o único líquido que, além de hidratar o organismo e promover sua limpeza, não possui energia (caloria).

Médicos e nutricionistas afirmam que uma pessoa pode transpirar até dois litros de água por dia, para manter a temperatura do corpo. Por isso, recomendam que se beba pelo menos oito copos por dia, e nunca junto com as refeições.

Acostume a si e à sua família a ter sempre à mão uma garrafinha de água e bebericar durante todo o dia, aonde quer que estejam.

Para variar, crie uma versão aromatizada acrescentando folhas de hortelã, alecrim ou rodelas de limão.

Intercale a ingestão com água de coco, que apresenta baixo teor calórico e repõe sódio e potássio; mas não exagere, se tiver hipertensão arterial.


Frutas


Algumas frutas possuem mais líquido em sua composição do que outras. Por isso, no verão é importante investir nelas como alimento. Também apresentam propriedades medicinais, podendo se tornar uma maneira econômica, prática e saborosa de corrigir alguns distúrbios.

Mas vale lembrar que seja ao natural, cortadas ou em forma de suco, as frutas devem ser ingeridas imediatamente após seu preparo, para não perderem suas propriedades.

Abacaxi: contém 85% de água, facilita a digestão, é germicida, desobstrutiva do fígado.

Laranja: é uma das frutas mais ricas em vitamina C, um forte antioxidante. Elimina toxinas, fluidifica a corrente sanguínea e reduz o ácido úrico.

Melancia: é composta por 95% de água para hidratar seu organismo no verão; é refrigerante, calmante, diurética e desintoxicante.

Pera: diurética e hipotensora; rica em fibras, vitaminas e sais minerais; é indicada para tratar inflamações de intestino e bexiga.

Pêssego: é diurético, depurativo do sangue e desintoxicante; combate os radicais livres e traz benefícios para a pele.

Uva: talvez a mais rica das frutas de verão, é vitalizadora, alcalinizante, diurética, laxante e tônica para o sistema nervoso; a vermelha tem quantidade maior de compostos antioxidantes, aqueles que retardam o envelhecimento precoce.


Verduras


As folhas e hastes das hortaliças têm poucas calorias e elevado teor de água, fibras e outros nutrientes essenciais para o nosso organismo, que dão vitalidade, depuram o organismo, protegem a pele, regulam a função intestinal, melhoram a digestão e previnem a anemia.

A grande variedade existente de verduras permite você montar saladas de diversas maneiras. Quanto mais variedade de folhas, maior será a riqueza nutritiva.

Em dias muito quentes, as saladas podem tornarem-se uma refeição completa, rápida e fácil, se você a montar com outros alimentos, como legumes, queijos, cereais, massas e carnes.

Experimente o sabor natural das folhas de sua salada; é provável que se surpreenda e apure seu paladar. Mas, se preferir uma salada temperada, evite o sal; use apenas limão ou vinagre e regue com azeite.



Legumes


Os legumes que se deve comer no verão, além de saudáveis e nutritivos, costumam estar mais baratos nessa época do ano.


Vamos ver as propriedades de alguns, com dicas de preparo simples e rápido.

Abobrinha: é suculenta (contém 95% de água) e pouco calórica.
É rica em vitaminas C, B1 e B3, ácido fólico, magnésio e fibras.

Sirva crua, ralada e temperada com azeite e ervas, como alecrim, manjericão e orégano. Ou cozida em metades e recheada com carne.
Experimente preparar fatias de abobrinha grelhadas; são muito saborosas.

Pepino: é hidratante e pouco calórico. Contém muitas fibras, que auxiliam na digestão e também tem ação diurética, que previne a retenção de líquido.

Pode ser servido em saladas ou como vinagrete, em entradas.
É muito refrescante como pasta de recheio de sanduíches.
Com trigo, compõe o saboroso e nutritivo tabule da cozinha árabe.

Cenoura: tem poucas calorias, muitas fibras e ação diurética. É rica em betacaroteno, uma substância que em nosso organismo age ativamente na formação da melanina, pigmento responsável por proteger a pele dos raios solares.

Você pode consumir este legume cru, em forma de bastões, acondicionar e carregar para a praia ou para o trabalho.
Para as visitas, ofereça os bastões de cenoura acompanhados de potinhos de patês, para serem consumidos no estilo finger foods.
É um legume perfeito para compor saladas com rúcula e queijo branco.

Beterraba: tem muitas fibras e não é tão calórica, como muitos pensam, apesar de conter açúcar. Sua cor arroxeada traz uma substância preciosa: a antocianina, um poderoso antioxidante que protege o organismo contra o excesso de radicais livres relacionados a uma série de doenças.

No verão, ela pode ser consumida em saladas e sanduíches..
Experimente fazer um suco de beterraba, cenoura, salsão e erva-doce; é refrescante e bastante nutritivo.

Pimentão: verde, amarelo ou vermelho, todos têm poucas calorias e muitos nutrientes: vitamina C, as do complexo B e minerais, como potássio, cálcio e fósforo. É uma alimento termogênico, ou seja: acelera o metabolismo, induzindo o corpo a gastar energia e, consequentemente, mais calorias durante o processo digestivo.

Aposte nas saladas com pimentão amarelo e vermelho; além de nutritivas, ficarão mais apetitosas pela diversidade de cores.
Para quem o considera indigesto,prepare grelhado, assado ou refogado.

Tomate: na verdade é um fruto, mas que usamos como legume. Tem poucas calorias e é rico em vitamina C, A e potássio. Possui licopeno, um antioxidante que protege as células da oxidação.


Ajuda a controlar o excesso de peso e o diabetes, previne doenças no aparelho digestivo e doenças cardiovasculares. É ótimo para controlar a hipertensão e tem bons resultados contra infecções.
Saladas, lanches e molhos são algumas das sugestões de como você pode consumir o tomate no verão. Inclua esse ingrediente também em suas receitas de sucos; ficam uma delícia.


Cereais

Compõe uma categoria de alimentos que não podem faltar num cardápio de verão. Suas fibras, especialmente as dos integrais, ajudam regular o intestino, o que contribui bastante para seu organismo não reter líquidos e inchar.

Considere acrescentar na sua lista de compras dessa época: aveia, farelo de trigo, semente de linhaça e quinoa, o cereal que recentemente ganhou status de alimento mais completo do planeta, segundo a ONU (Organização das Nações Unidas).

Experimente uma salada de quinoa (cozida) com lascas de pepino cru; é refrescante, nutritiva e muito saborosa.

RECEITAS


Vitamina energética

Bata no liquidificador e sirva em seguida:

• 1 fatia de mamão
• 1 banana média picada
• 1 xícara (200 ml) de água gelada ou de iogurte
• 2 colheres (sopa) de extrato de soja
• 1 colher (sopa) de aveia em flocos
• 1 colher (chá) de semente de linhaça


Sanduíche de pepino

Ingredientes

• 10 fatias de pão de forma sem casca
• 10 fatias de pão integral
• 1 xícara (chá) de maionese
• 2 pepinos japoneses ralados
• ½ colher (chá) de hortelã picada
• 2 colheres (sopa) de suco de limão
• pimenta-do-reino branca e sal a gosto

Modo de preparo

Corte ao meio as fatias do pão de forma e do integral.
Numa tigela, misture a maionese com o pepino ralado, a hortelã e o suco de limão.
Tempere com pimenta e sal a gosto.
Recheie as metades das fatias de pão com a mistura de pepino e monte os sanduíches.
Ficam mais saborosos e refrescantes se você deixar na geladeira por uma hora antes de servir.


Pasta com rúcula

Ingredientes

• 1/2 pacote de macarrão ou outra pasta de sua preferência
• 1/4 xícara (chá) de azeite
• 2 dentes de alho fatiados
• raspas de 1 limão siciliano
• suco de 1/2 limão siciliano
• 1 pitada de pimenta calabresa
• sal
• 1 xícara (chá) de ricota fresca amassada com um garfo
• 1 xícara (chá) de água do cozimento da pasta
• 1/2 maço de rúcula picada
• parmesão ralado

Modo de preparo

Coloque o macarrão ou a pasta de sua preferência para cozinhar.
Em uma frigideira grande, esquente em fogo bem baixo o azeite com o alho e o sal.
Antes que o alho doure, adicione a ricota, o suco de limão e a pimenta.
Misture bem, ainda com o fogo baixo.
Escorra o macarrão, reservando a xícara de água, e acrescente-o na frigideira.
Misture bem, juntando a água reservada, para obter uma consistência cremosa.
Junte a rúcula e as raspas de limão e incorpore-os com cuidado.
Ao servir, regue com azeite e um pouco de parmesão ralado na hora.


Salada de frutas gourmet

Ingredientes

• 2 laranjas-baía
• 1 maçã do tipo fuji
• 2 ameixas vermelhas
• 1 cacho pequeno de uvas verdes
• vinho moscatel a gosto
• açúcar a gosto (opcional)

Modo de Preparo

Descasque as laranjas e corte em gomos.
Descasque a maçã e corte em cubinhos.
Corte as ameixas ao meio, retire o caroço e pique as metades em pedaços médios.
Corte as uvas ao meio e retire os caroços. Se preferir, utilize uvas do tipo thompson sem sementes.
Numa tigela, coloque as frutas preparadas e mexa bem.
Acrescente o vinho moscatel aos poucos e uma pitadinha de açúcar, se quiser.
Misture bem, cubra a tigela com filme e leve à geladeira por no mínimo 1 hora.
Antes de servir, misture tudo novamente.



Rosangela Cappai
Colunista de Gastronomia
Com redação de Marília Muraro

25/01/2013


Compartilhar




Portal Vila Mariana ® SP