Mapeamos  toda
pra
você.

 
 
Cadastre seu e-mail para receber nossos informativos.
 
 




Compartilhar

Publicado em 20/07/2016

LASAR SEGALL

O artista

Nascido no ano de 1989, na comunidade judaica de Vilna, capital da Lituânia, Lasar Segall foi o sexto em uma família de oito filhos. Por volta dos 15 anos de idade começa a estudar desenho e viaja para a Alemanha a fim de aprofundar seus conhecimentos e tornar­se um profissional.

Em 1912 chega ao Brasil e no ano seguinte faz sua primeira exposição individual no país em um salão alugado no centro de São Paulo e outra no Centro de Ciências, Letras e Artes de Campinas. Meses depois passa a dar aulas de desenho para uma jovem de família influente na região, chamada Jenny Klabin. Com o passar dos anos Lasar, conquista o cenário artístico internacional, lançando exposições em países como Alemanha e Rússia.

Cerca de dez anos após sua primeira vinda ao Brasil o artista retorna e fixa residência com sua primeira esposa Margarete que não se adapta ao país e volta para Europa. Em junho de 1925 se casa com Jenny Klabin e tem dois filhos, Mauricio e Oscar. Expõe suas obras em diversos museus do país, e participa de projetos de incentivo à cultura. Aos 69 anos por conta de problemas cardíacos Lasar Segall falece em sua residência na Rua Afonso Celso, localizada no bairro da Vila Mariana em São Paulo.

Histórico do Museu

Em 1957 com o falecimento de Lasar Segall, Jenny Klabin Segall, viúva do artista decide em sua homenagem criar um museu monográfico com objetivo de preservar e divulgar a vida e obra do pintor, escultor e gravurista. No ano de 1967, após recolher diversas obras para o acervo do museu e sistematizar o arquivo do artista, Jenny falece, e então os filhos do casal, Mauricio e Oscar, inauguram o museu como uma associação civil sem fins lucrativos no local onde foi residência e ateliê do artista.

A partir de 1985, o Museu Lasar Segall foi incorporado à Fundação Nacional Pró­Memória, atualmente integrado ao Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), Ministério da Cultura (MinC), que o torna o único museu federal no estado de São Paulo.

Além de seus acervos, a instituição pode ser considerada como um centro de atividades culturais, que tem como missão difundir e estimular o contato da população com as artes para que cada cidadão desenvolva senso critico do que interpreta por cultura e o que absorve destas manifestações.

Para cumprir tal missão a instituição desenvolve atividades diversas como visitas monitoradas; criação de uma biblioteca com conteúdos na arte dos espetáculos fotografia e documentos históricos do artista homenageado; cursos e oficinas nas áreas de gravuras, fotografia e criação literária.


“Os caprichos – crônicas de uma guerra (1936-­1939)”

Desde o dia 18 de junho essa é a exposição temporária do museu Lasar Segall que celebra os oitenta anos da Guerra Civil Espanhola. Com gravuras do artista argentino Gustavo Cochet, que retratou a realidade da Espanha se focando na crítica social através de gravuras. A exposição está aberta à visitação até o dia 22 de agosto.


SERVIÇO: 
Período: 19 de junho a 22 de agosto de 2016

Local: Museu Lasar Segall­IBRAM/MinC

Horários de funcionamento: quarta a segunda­feira, das 11h00 às 19h00

Fechado: Terças-­feiras

Endereço: Rua Berta, 111 – Vila Mariana – SP/SP – Brasil – CEP 04120­040 Telefone: 11.2159.0400

e­mail: info@mls.gov.br

Visite o site do Museu Lasar Segall: www.museusegall.org.br




Rafael Caetano













Portal Vila Mariana ® SP