Mapeamos  toda
pra
você.

 
 
Cadastre seu e-mail para receber nossos informativos.
 
 




 
Compartilhar


Publicado em 09/08/2017


CTA

É INAUGURADO NA VILA MARIANA

Para atender a população em situação de rua na cidade de São Paulo a gestão municipal vem estruturando serviços com o apoio da iniciativa privada. 

Esse ano foram inaugurados três CTAs, Centro Temporário de Acolhimento, que disponibilizam a população em situação de rua um local para tomar banho, descansar e se alimentar, principalmente nas noites mais frias do inverno paulistano.

No último dia quatro de agosto o terceiro CTA inaugurado esse ano foi o da Vila Mariana. Localizado na Avenida José Maria Whitaker, 200 o espaço funcionará 24 horas por dia para atender os cidadãos mais necessitados. 

Em uma estrutura com 120 leitos o CTA possui cem vagas para homens e vinte para mulheres divididos entre um dormitório masculino e um feminino. Além disso, o espaço conta com banheiros equipados com chuveiros e sanitários adaptados para deficientes físicos, espaço de convivência, armários, refeitório, lavanderia e três vagas para carroças destinadas aos catadores de material reciclável.

O primeiros Centros Temporários de Acolhimento inaugurados em 2017 estão localizados um na região do Brás e outro no bairro Aricanduva, zona leste de São Paulo. Além de oferecer os mesmos serviços que o espaço da Vila Mariana a unidade do Brás ainda terá a inauguração de um canil para os companheiros dos conviventes. O objetivo da gestão municipal é inaugurar um novo equipamento a cada mês, totalizando mais de quarenta unidades até o fim do mandato do atual prefeito.


Antes da inauguração dos CTAs, a cidade de São Paulo já contava com cerca de 80 centros de acolhida, conhecidos também como albergues, espalhados pela cidade. A principal diferença é que os CTAs inaugurados esse ano oferecem oficinas de capacitação profissional, inclusão digital e encaminhamento para o mercado de trabalho para que o cidadão em situação de rua consiga uma colocação no mercado torne-se cada vez mais independente.

O acesso ao serviço público ocorrerá de forma espontânea e através do serviço de abordagem social, prestado por funcionários da prefeitura. Esse serviço de abordagem é intensificado até o mês de setembro, quando as temperaturas estão mais baixas. A população também pode colaborar através do telefone da central 156, solicitando o serviço de abordagem social em regiões que tenham moradores em situação de rua necessitando de auxílio.




Fonte: Prefeitura Regional da Vila Mariana

Imagens: Leon Rodrigues / Secom



 
Rafael Caetano
Portal Vila Mariana













dia 18 (Qua)
Meu amigo Enzo

Portal Vila Mariana ® SP