Mapeamos  toda
pra
você.

 
 
Cadastre seu e-mail para receber nossos informativos.
 
 




Compartilhar

Publicado em 06/10/2016

ASTROLOGIA JUNG E O DIÁLOGO DOS PAIS COM OS FILHOS

Dialogar com os filhos crianças é um dos grandes desafios dos pais, em nosso tempo. Quais seriam os meios adequados de se comunicar, com cada um dos filhos, levando em conta suas diferenças de personalidade? 

A Astrologia mostra a relação entre as quatro funções de Jung e os quatro elementos, que sintetizam os doze signos:

Para que esse relacionamento flua da melhor forma, precisamos formar vínculos, eis as relações:

Função Intuitiva: para os filhos crianças de signos de fogo (Áries, Leão, Sagitário - ou de predomínio ígneo) o vínculo intuitivo terá maior eficácia.

A intuição nos permite a apreensão imediata de uma dada situação. O elemento fogo percebe o mundo por imagens. O vínculo intuitivo nos sinaliza quando nossos filhos precisam falar conosco sobre algo, ainda que não verbalizem. E tal fato desafiará bastante nossa capacidade intuitiva.

Função Sensitiva: para os filhos crianças de signos de terra (Touro, Virgem, Capricórnio - ou de predomínio terreno) o vínculo sensitivo será o mais eficaz.

A sensação nos permite perceber, através dos cinco sentidos, uma determinada realidade física, externa. 
 
Passeando com nossos filhos crianças, pela cidade ou na natureza, brincando ou exercitando com eles, estabelecemos o vínculo sensitivo.  Tal relação desafiará nosso potencial de percepção sensorial, de uma forma direta. 

Nossa habilidade prática será forçada a se organizar, visando um objetivo. Seja consertando, para eles, um brinquedo; seja dando uma resposta concreta, a um problema que nos parece abstrato. Às vezes até através de uma postura corporal.

E quanto mais percebermos a linguagem sensorial deles, mais eficiente será a comunicação. 

Função Pensante: para os filhos crianças de signos de ar (Gêmeos, Libra, Aquário - ou de predomínio aéreo) o vínculo pensante se mostrará eficaz. 

O pensamento funciona regido pela razão lógica. Os assuntos da mente é que despertarão o interesse. Mesmo com um poder de abstração menor, graças à idade, o bate-papo informal, a conversa mais séria, a argumentação, os jogos mentais, serão alguns dos instrumentos muito fortes para o diálogo.  Seremos forçados a ampliar nossa compreensão, pela consciência dos fatos, da sua comparação, e do seu entendimento como leis universais. Nossa tolerância ideológica será desafiada. Precisaremos de um maior poder de adaptação mental e de ideias, quanto maior for a diferença geracional com os nossos filhos.

Função Emocional: para os filhos crianças de signos de água (Câncer, Escorpião, Peixes - ou de predomínio aquático) o vínculo emocional será o mais eficiente. Pois eles percebem o mundo por meio dos sentimentos e emoções. Sentem uma necessidade de proteção tão grande, que chega a parecer irracional. É comum que esse desejo de segurança seja expresso por medos. Porque a percepção dessas crianças é muito psíquica. 

Por isso devemos usar nosso potencial de comunicação emocional, nossa capacidade de sentirmos o que estão sentindo, sem substituir a emoção pelo razão. Um desafio enorme para um adulto.

O Mapa Astral da Criança pode nos ajudar a compreender melhor essas tendências, tão marcantes, através dos elementos de cada signo. E a diagnosticar  a  predominância do elemento, na personalidade da criança, se ígnea, terrena, aérea ou aquática. A partir desse Mapa, poderá ser dada uma orientação mais personalizada, para um melhor diálogo com o seu filho. 


Antônio Carlos Scavone / Site: www.astroacs.com


 











dia 18 (Qua)
Meu amigo Enzo

Portal Vila Mariana ® SP