Mapeamos  toda
pra
você.

 
 
Cadastre seu e-mail para receber nossos informativos.
 
 




Compartilhar


Publicado em 16/12/2013


NOVAS AQUISIÇÕES NO 

MUSEU LASAR SEGALL


Através de doações de Mario Lasar Segall, a obra Segalianamantém sua tradição, com visita aberta ao público e entrada franca.

A criação do Museu Lasar Segall (MLS/Ibram-MinC) só foi possível graças à iniciativa da viúva Jenny Klabin Segall, apoiada pelos filhos Oscar e Maurício, este último Diretor Emérito do MLS. Dessa forma, mais de 3.000 obras de Lasar Segall migraram para a esfera pública, assim como as residências da família, acervos de documentos e fotografias e uma importante biblioteca especializada em artes do espetáculo.

Neste momento, Mário Lasar Segall retoma a tradição do pai Maurício e do seu tio Oscar, por meio da doação de 110 obras, que cobrem mais de cinco décadas de produção segalliana: de 1905 a 1955. São 4 óleos sobre tela, 8 pinturas sobre papel, 80 desenhos e 18 gravuras.

Essa doação dá continuidade à primeira doação oficial da família, à Fundação Nacional Pró-Memória, iniciada em 1984, para consolidar não apenas a figura de seu patrono, bem como reforçar o movimento filantrópico da migração de patrimônio privado para a esfera pública.

Segundo palavras de Mário Lasar Segall, “de minha parte, não fiz nada a mais do que faria meu pai, com quem aprendi que arte só vale se for compartilhada, dividida com potencial para sensibilizar, bem como mexer com os seres humanos a ponto de fazê-los refletir e atuar ativa e criticamente sobre seu mundo. Nem todos conseguem estar abertos a esse tipo de influência. Fui muito privilegiado.”

A doação foi realizada no dia 29 de novembro de 2013, com as presenças da Ministra da Cultura, Marta Suplicy e do Presidente do IBRAM, Ângelo Oswaldo.

Alguns trabalhos ficarão expostos na sala de exposição temporária até 20 de dezembro.


O MUSEU


O Museu Lasar Segall, idealizado por Jenny Klabin Segall – viúva de Lasar Segall – foi criado como uma associação civil sem fins lucrativos, em 1967, por seus filhos Mauricio Segall e Oscar Klabin Segall. Está instalado na antiga residência e ateliê do artista, projetados em 1932, por seu concunhado, o arquiteto de origem russa Gregori Warchavchik.

Em 1985, o Museu foi incorporado à Fundação Nacional Pró-Memória, integrando hoje o Instituto Brasileiro de Museus – IBRAM do Ministério da Cultura, como unidade especial.

Além de seu acervo museológico, o Museu constitui-se como um centro de atividades culturais, oferecendo programas de visitas monitoradas, cursos nas áreas de gravura, fotografia e criação literária, projeção de cinema, e ainda abriga uma ampla biblioteca especializada em artes do espetáculo e fotografia.

O Museu, como órgão federal, é apoiado pela Associação Cultural de Amigos do Museu Lasar Segall – ACAMLS, uma sociedade civil sem fins lucrativos, viabilizada pela colaboração de instituições públicas e privadas, além de pessoas físicas que cooperam com o Museu.


SERVIÇOS


Atendimento ao público:

Tel: 21590400
info@mls.gov.br
Café Wi-Fi
Rua Berta, 111 – Vila Mariana - São Paulo – SP


Silvio Tadeu
Colunista de Arte e Cultura











 

Portal Vila Mariana ® SP