Mapeamos  toda
pra
você.

 
 
Cadastre seu e-mail para receber nossos informativos.
 
 




MANOEL LIMA


Ele é apresentador do programa de Web TV "Encontro Kazual", ator de um dos maiores sucessos do teatro neste ano, "O Grande Viúvo", escritor de um livro cheio de mensagens e mistérios, "O Viajor".
O Portal Vila Mariana, se orgulha de entrevistar o multi-artista, Manoel Lima.

A idéia e o conceito do Programa “Encontro Kazual“, de quem foi?

Foi minha mesmo. Sempre pensei em ter um programa de entrevista dedicado exclusivamente aos profissionais das artes cênicas, mas que não seguisse o modelo dos programas de entrevistas formais e sim que fosse mais um bate papo, uma prosa que exponha mais a essência do convidado. Ainda chego lá.

Quando participei do seu programa, fiquei surpreso pelo retorno de audiência (600 visitações) e pelas polêmicas geradas. Como se dá a divulgação de um programa veiculado apenas pela internet e longe das grandes mídias?

Vejo na Web TV a vantagem da interatividade. Não gostaria de fazer o meu programa gravado, porque para mim é fundamental a participação dos internautas com sugestões e perguntas e até mesma causando polêmica as vezes. Divulgo o Encontro Kazual através das mídias sociais e e-mails.

Você acredita que o público fiel a esse formato é mais exigente?

O Encontro Kazual já conta com um público bastante fiel. São mais exigentes no sentido de que querem respostas às suas dúvidas, sentindo-se a vontade para participar e esperando que o convidado tenha conteúdo a transmitir.

Como você define o perfil do espectador do seu programa?

O Encontro Kazual conta com dois grandes grupos de espectadores: Um, os profissionais ligados às artes cênicas no interesse de prestigiar os colegas, fazer perguntas e tirar suas dúvidas e também na expectativa de que o convidado traga alguma nova informação de interesse geral da classe, o outro, os consumidores de cultura de um modo geral e admiradores desses profissionais e seus trabalhos.

Do ator Manoel Lima ao apresentador Manoel Lima, como foi o percurso?

Isso aconteceu justamente porque comecei a ser convidado para dar entrevistas nas Web TVs. Acabei gostando da mídia, sentindo-me à vontade no ambiente, fui convidado para fazer um programa e aceitei. Iniciei com o meu programa na TV ORKUT - de Petrúcio Mello - em 2010 e agora em 2012 reiniciei na KAZ TV, onde tenho recebido todo apoio dos diretores. Na KAZ TV sinto-me em casa... Portanto, devo continuar por um bom tempo ainda.

O que o ator Manoel Lima prefere, Teatro ou Cinema?

Sempre tive certa preferência por cinema. Em 2007 participei de uma montagem sob a direção de Sergio Ferrara e sob sua direção passei a gostar do teatro. Agora, em 2012, fui convidado e selecionado para atuar no TEATRO CEGO e a partir daí passei a gostar muito de teatro. Todavia, acredito que minha atuação é mais apropriada para o cinema mesmo. No momento estou me preparando para projetos que devem rolar em 2013, tanto no teatro como no cinema.

Você teve uma experiência como diretor de um média metragem "Vida a Três". Pode falar dessa experiência?

Bem “Vida a Tr3s” foi realmente minha primeira e até agora única experiência em direção. Cometi muitos erros técnicos, principalmente quanto à fotografia. Contudo no que se refere à preparação dos atores fui muito bem. Gostei da experiência e pretendo dirigir novamente.

Um espetáculo de teatro maravilhoso, que fui muito feliz em assistir, com sua participação como ator, “O Grande Viúvo“, inesquecível, concebido e exibido totalmente no escuro pelo Teatro Cego. O que acrescentou a você essa experiência como artista e pessoa.

Ser um dos seis atores da primeira montagem do formato Teatro Cego no Brasil foi e está sendo uma experiência por demais enriquecedora tanto profissional quanto pessoal. Atuar no Teatro Cego mais o fato de no elenco ter três atores deficientes visuais tem me mostrado que damos a visão, importância demais em detrimento dos outros sentidos, sendo que deveríamos dar importância a todos os sentidos igualmente. Aprendi também que nenhum tipo de deficiência deve nos impedir de buscar a realização dos nossos sonhos. Aprendi ainda, que por contar com a visão posso trabalhar mais e me dedicar mais, principalmente a minha profissão.

Finalmente, o Manoel Lima escritor. Li o seu livro “O Viajor“, e realmente você conseguiu manter o clima de suspense do início ao fim. Como foi a realização desse projeto?

Este livro desenvolveu-se a partir de uma crônica que escrevi há muito tempo, a qual chamei de "conversa íntima". Sabe, aquela conversa que temos com a gente mesmo dia após dia? Aqueles pensamentos que de tão recorrentes se transformam em "padrões mentais". E como é de minha crença e vivência, esses padrões mentais acabam criando a nossa realidade, nossas "circunstâncias experimentadas" ou como dizem "nosso destino".

Então, aquela crônica, não maior que uma página, começou a desenrolar. Foram aparecendo as personagens, os eventos e de repente tinha uma história. Um filme ia se desenvolvendo na minha tela mental. O que no fim resultou no romance que intitulei de "O Viajor". Nele transmito meus sentimentos e crenças, sem nenhuma imposição, mas através de um romance, uma ficção, em uma história de viagens metafísicas e interdimensionais.

Existe a possibilidade do livro virar filme?

Existe sim. Tenho pensado e desejado que o romance “O Viajor” seja também contanto em um filme longa metragem. Muitos leitores de "O Viajor", relatam que a sua leitura proporciona uma visão cinematográfica. Dois dos cineastas que leram o livro ventilaram a possibilidade de roteirizá-lo para o cinema.

Como vai o roteiro do curta “O Hábito“?

O roteiro do meu filme (curta metragem) “O Hábito” está pronto e registrado desde o inicio de 2012. Os atores estão selecionados e preparados. Inclusive, já era para estar pronto, só não está por conta da Produtora, nossa parceira responsável pela parte técnica, que se encontra atolada de tanto trabalho e mais a minha participação no Teatro Cego, fez com que adiássemos o início da produção. Contudo pretendo retomar o projeto em 2013.



Silvio Tadeu
Colunista de Arte e Cultura
23/11/2012


Compartilhar



Portal Vila Mariana ® SP